Alemanha oferece estudo gratuito e trabalho para estrangeiros

Alemanha oferece estudo gratuito e trabalho para estrangeiros

Deby Pimentel

2 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Economia estável – e em alta -, alto índice de desenvolvimento, excelente qualidade de vida e ainda com demanda de trabalho para profissionais estrangeiros. Você já pensou em se mudar para a Alemanha?

Alemanha é aberta a profissionais estrangeiros. Crédito: Pixabay

Alemanha é aberta a profissionais estrangeiros. Crédito: Pixabay

Historicamente, a Alemanha é um país aberto aos estrangeiros desde o pós-Guerra, tentando encobrir uma triste história e devido à reconstrução do país, em todas as esferas, desde então. Outro fator sobre esta receptividade alemã diz respeito à economia, já que lá é endereço de muitas multinacionais – e sofre escassez de mão de obra especializada.

Inglês, alemão e português

Atualmente, profissionais com fluência em inglês são bem absorvidos pelo mercado que apresenta demanda por especialistas e mantém um portal exclusivo sobre essa necessidade, inclusive com uma relação de vagas em aberto. Entre as áreas mais citadas, estão engenharia, saúde, TI,  e ciências.

A indústria de setores como o farmacêutico, alimentício, energia e automobilístico estão entre os maiores recrutadores desta mão de obra. E, atenção, falantes de português também têm vez, mas falar o alemão pode ser a sua garantia de emprego!

Falar o alemão pode ser a sua garantia de emprego. Crédito: Pixabay

Falar o alemão pode ser a sua garantia de emprego. Crédito: Pixabay

Visto e Contratação

Este cenário favorável, no entanto, não é sinônimo de facilidade para estrangeiros. Há a possibilidade de aplicar para o visto permanente vivendo na Alemanha por 6 meses focado na busca por uma vaga (exceto estudantes), desde que o requerente comprove sustento sem apoio do governo, o pagamento de impostos e não tenha antecedentes criminais. Além da fluência do idioma, interagir com a cultura local (por meio de cursos de integração) também é requisito.

Desde 2015, os governos do Brasil e da Alemanha se comprometeram a facilitar o visto de férias-trabalho entre cidadãos brasileiros e alemães que tenham entre 18 e 30 anos e cumpram as exigências estabelecidas no acordo.

Para outros tipos de visto, como regra comum a outros países da União Europeia a serem seguidas pelos brasileiros em busca de vagas no mercado alemão, o visto e a permissão de trabalho serão concedidos mediante comprovações profissionais técnicas, de acordo com nível de qualificação estabelecido pelo governo local e também o intermédio da empresa contratante.

Trabalho para estudantes

Segundo as estimativas, a Alemanha é um país aberto a estudantes de outras nacionalidades e possui instituições de ensino entre as primeiras do ranking internacional. As informações estão disponíveis no site do DAAD. São programas de especialização, mestrado, mba e pós-graduação, oferecidos por convênios mantidos pelos governos ou pelas universidades, entre elas o IGC, em Bremen, a Berlin School of Economics and Law, em Berlim e o Johanna-Quandt-Foundation Frankfur, em Frankfurt.

Para os estudantes, há opções nas áreas de Engenharia, Negócios, TI, Economia e Ciências Sociais não só de emprego, mas também de estudos com permissão de trabalho part-time e a possibilidade de extensão do visto em até 18 meses após a conclusão do curso para aqueles em busca de oportunidades profissionais.

Indústria de saúde na Alemanha tem vagas abertas para profissionais estrangeiros. Crédito: Pressfoto / Freepik

Indústria de saúde na Alemanha tem vagas abertas para profissionais estrangeiros. Crédito: Pressfoto / Freepik

Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para jornalismo@e-dublin.com.br

Avatar
Deby Pimentel, Jornalista com MBA em Marketing e Empreendedorismo, Débora Pimentel é uma paulistana apaixonada por fotografia, gastronomia e tecnologia. Uma virginiana que adora novas culturas e desafios. Acredita que a informação é sempre a melhor maneira de transformar sonhos em possibilidades.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar