Como conseguir uma boa nota no IELTS?

Como conseguir uma boa nota no IELTS?

Elizabeth Gonçalves

6 meses atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Depois de dedicar meses ou, até, anos estudando inglês, uma boa maneira de atestar a sua proficiência é realizar um teste reconhecido internacionalmente.

As opções são muitas, e vai depender da razão para a qual você precisa da certificação de proficiência.

No meu caso, escolhi o IELTS e, apesar de ser temido por muitos estudantes, devo admitir que a prova, mesmo que bem cansativa, não é um bicho de sete cabeças, sendo mais simples do que parece.

Mesmo assim, é importante dedicar algumas horas de estudo antes de fazer o teste. É justamente por isso que hoje trago aqui algumas dicas que funcionaram para mim.

Agendamento do teste

Esse é um ponto fundamental e que exige programação. Em Dublin, atualmente, apenas duas instituições oferecem a prova: a University College Dublin — UCD — e o Centre of English Studies – CES. Isso torna a demanda muito elevada, considerando o número de estudantes que estão aqui.

Portanto, principalmente se você depende do resultado do exame para se inscrever em alguma universidade, agende a prova com o máximo de antecedência possível.

A recomendação é que você realize o teste, pelo menos, três meses antes da data na qual você precisará da nota. Tempo suficiente para realizar o exame e receber os resultados.

Reprodução: Shutterstock

É importante dedicar algumas horas de estudo antes de fazer o IELTS. Reprodução: Shutterstock

Preparação

Ao contrário de outros exames de proficiência, o IELTS não testa diretamente a sua gramática e, sim, a sua habilidade de comunicação no idioma.

Entretanto, mesmo tendo fluência na língua inglesa, a preparação para essa prova é fundamental, já que, durante o exame, o tempo será o seu maior inimigo. São, no total, apenas 2 horas e 45 minutos para cumprir todas as tarefas.

Assim, durante a sua preparação para o exame, é essencial cronometrar o tempo dedicado a cada uma das áreas avaliadas no IELTS. Ou seja, 30 minutos para o Listening, 60 minutos para o Reading e outros 60 minutos para o Writing. A prova oral tem duração média de 11 a 15 minutos.

Outro ponto importantíssimo é dedicar um bom tempo treinando as redações. Uma delas envolve a interpretação de dados, que pode ser de um gráfico, estatísticas, ideograma, etc. Para isso, é essencial enriquecer o seu vocabulário com termos específicos, já que não utilizamos essa linguagem em nosso dia a dia.

Foto: Shutterstock

Mesmo tendo fluência na língua inglesa, a preparação para a prova é fundamental. Foto: Shutterstock

Outra dica é ler! Sim, leia tudo o que você puder em inglês: jornais, revistas, livros, websites. Afinal, quanto mais rica a sua leitura, melhor será o seu vocabulário.

Sem falar que a leitura vai ajudá-lo em todos os aspectos da prova, como a interpretar texto mais rápido, escrever redações mais ricas e abrangentes, além de garantir fluência e bons argumentos na prova oral.

Durante a prova

Para a prova oral, o importante é ir relaxado e encarar como uma conversa. Durante o exame, jamais dê respostas extremamente objetivas, ou seja, que se limitem a sim ou não.

Desenvolva suas repostas e utilize expressões para interligar suas frases ou ideias, como to begin, however, from my point of view etc. O mesmo serve para o writing, onde é essencial usar e abusar do seu vocabulário.

A prova de reading é umas das mais desafiadoras e uma verdadeira corrida contra o tempo. Já que você terá 4 textos e 40 questões para responder em uma hora. Você não vai ter tempo de realizar uma leitura profunda.

Nesse caso, o que funcionou para mim foi ler a questão e procurar a resposta rapidamente no texto. Como as questões estão na sequência exata em que as respostas aparecerão nos textos, não há muito segredo.

Ao mesmo tempo, transfira suas respostas para o gabarito, já que dificilmente você terá tempo para fazer isso depois.

Foto: Shutterstock

A prova de reading é uma das mais desafiadoras. Foto: Shutterstock

Para o listening, o essencial é treinar os ouvidos antes e prestar muita atenção no que o exame está pedindo, já que, em muitos casos, as respostas têm um limite de palavras ou números.

Também tome muito cuidado para não perder o foco, já que o áudio é tocado apenas uma vez. Portanto, ao se distrair, você não terá uma segunda chance e pode se atrapalhar no resto da prova.

Mas por que o IELTS?

Como já abordamos, o IELTS é um dos principais exames de proficiência na língua inglesa, sendo reconhecido e aceito por mais de 9 mil instituições ao redor do mundo.

Sendo assim, garantir uma boa nota nesse exame, sem dúvida, vai abrir muitas portas, principalmente se o seu foco é investir num curso de graduação ou pós em universidade estrangeira.

 

Revisado por Irene Canadinhas
Imagens via Shutterstock
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para jornalismo@e-dublin.com.br

Avatar
Elizabeth Gonçalves, Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar