Como reportar o desaparecimento de uma pessoa na Irlanda?

Como reportar o desaparecimento de uma pessoa na Irlanda?

Elizabeth Gonçalves

2 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

O recente caso de desaparecimento do estudante brasileiro Caique de Oliveira Trindade tem levantado uma dúvida na comunidade brasileira que vive na Irlanda. Afinal, qual é o procedimento adequado para reportar o desaparecimento de uma pessoa no país?

Primeiramente, é importante destacar que, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não é necessário esperar 24 horas para reportar um desaparecimento às autoridades competentes. Assim, se você está preocupado com a segurança de uma pessoa cujo paradeiro é desconhecido, não hesite e peça ajuda à unidade da Garda, polícia irlandesa, mais próxima.

Quem contatar e o que dizer?

Ao notar o desaparecimento de uma pessoa, o primeiro passo é contar qualquer unidade da Garda. Para agilizar o trabalho da polícia, é essencial ter em mãos o maior número de informações possíveis. Isso inclui dados como: nome da pessoa, idade, sexo, cor do cabelo, altura, peso, data e local onde a pessoa foi vista pela última vez, roupa que estava vestindo na data do desaparecimento, além de outras informações que acreditar relevantes. Também não deixe de levar uma fotografia recente da pessoa, já que isto pode desempenhar um papel fundamental na localização.

Garda é autoridade irlandesa responsável por solucionar casos de desaparecimento. Foto: Joe

Garda é autoridade irlandesa responsável por solucionar casos de desaparecimento. Foto: Joe

Com o objetivo de construir um perfil mais apurado da pessoa desaparecida, também é normal que a Garda realize entrevistas com amigos, familiares, colegas de trabalho e flatmates da pessoa. O objetivo é obter o maior número de informações sobre o caso. A partir de então, familiares são informados regularmente caso haja avanço nas buscas.

O portal da Garda também conta com uma seção voltada exclusivamente para a divulgação de desaparecimentos. Assim, desde que haja o consentimento por escrito da família, é possível incluir os dados e foto da pessoa desaparecida nesta página.

Apoio da população

Este é outro fator essencial na localização de pessoas desaparecidas na Irlanda, já que qualquer informação vinda de membros do público pode ser vital. Assim, se você tem conhecimento sobre o paradeiro de uma pessoa desaparecida, não hesite em entrar em contato com a unidade da Garda mais próxima.

As redes sociais também desempenham um importante papel nesses casos, já que elas ampliam o número de pessoas que têm conhecimento do caso e também encorajam o envolvimento do público.

Embaixada brasileira pode ajudar?

O consulado brasileiro não tem competência legal para realizar investigações ou buscas de pessoas desaparecidas na Irlanda. Portanto, diante de suspeita de desaparecimento, o caso deve ser levado diretamente ao conhecimento das autoridades policiais.

Grupos de apoio

Grupos de apoio são suporte à família e ajudam na divulgação do caso. Foto: Eveleen007 | Dreamstime

Grupos de apoio dão suporte à família e ajudam na divulgação do caso. Foto: Eveleen007 | Dreamstime

Há uma série de grupos de apoio às famílias e amigos de desaparecidos na Irlanda. Um deles é o Missing Persons, que oferece orientação sobre como proceder no caso de desaparecimento de uma pessoa querida, suporte emocional aos familiares e amigos, além de espaço no website para divulgação de foto da pessoa desaparecida.

Estatísticas

Segundo dados da Garda, no último ano, 9522 pessoas foram reportadas como desaparecidas na Irlanda. De acordo com o órgão, a maioria desses casos foi resolvido num curto espaço de tempo. Do total, 47 casos permanecem em aberto, já que, infelizmente, até o momento essas pessoas não foram localizadas.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para jornalismo@e-dublin.com.br

Avatar
Elizabeth Gonçalves, Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar