Como ser contratado por uma multinacional?

Tana Storani

5 anos atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Eu já havia feito referência ao website do Industrial Development Agency (IDA) em um dos meus primeiros textos. Hoje, aproveitarei uma reportagem recente divulgada por eles com dicas interessantes para os estrangeiros que estão procurando emprego aqui na Irlanda.

A IDA, para quem não conhece, é o órgão do governo irlandês responsável por atrair e desenvolver novos investimentos para o país. Para cumprir esta tarefa são necessários grandes investimentos em marketing, de modo não só a valorizar, mas também divulgar, o que a Irlanda tem a oferecer. A agência também atua como um facilitador para os jobseekers, pois os deixa atualizados sobre as novidades e necessidades do mercado de trabalho.

startup_Ngmanagement Service

Credito: Ngmanagement Service

O texto original, que motivou esse artigo, tem como título: “Como ser contratado por uma multinacional”. Nessa publicação, Siobhán Brett descreve algumas das multinacionais que estão investindo na Irlanda e explica como é o processo de recrutamento dos candidatos, além de também comentar sobre o tipo de profissional que eles mais procuram, dando especial atenção, sobretudo, a detalhes como personalidade e experiência.

Na matéria ainda são citadas empresas que estão aumentando a sua força de trabalho  no país, como Google, Paypal, Qualtrics, Twitter, Indeed, Amazon, TripAdvisor, Oracle, Apple, Airbnb, Hubspot e Facebook.

Segundo Mac Giolla Pháidraig, da Sigmar Recruitment, no recrutamento de multinacionais, além da experiência é também necessário cumprir com três requisitos: possuir as competências valorizadas para o cargo pretendido, apresentar a motivação que a empresa deseja observar no candidato e, claro, ter uma personalidade que se enquadre no ambiente empresarial em que o candidato pretende se inserir. Ou seja, antes de qualquer entrevista, vale a pena pesquisar sobre a empresa e descobrir quais são os pré-requisitos que eles procuram.

A reportagem também menciona dois websites relevantes para os jobseekers ficarem de olho nas empresas que estão chegando na Irlanda, conhecidas como Start-up companies. São eles: dublinstartupjobs.com e dubstarts.com.

As start-ups geralmente fazem um recrutamento agressivo, no qual empregam candidatos para todas as áreas de uma só vez. Isso é comum pelo fato de a empresa ainda estar em fase de desenvolvimento. Para o contratado isso acaba sendo positivo, uma vez que há mais chances de crescimento profissional.

Para boa parte das empresas citadas na reportagem, as vagas em alta no momento são: Tech Supports, Sales Business Developers, Developers, DesignersWeb e App Developers (especialmente Java, Ruby on Rails, PHP) e IOS, Android App e Swift Developers.

Minha dica de hoje é: atualize seu currículo e mande para todos os links que estão na página da IDA, além, claro, de adicioná-la em seus favoritos, pois se tem alguém que sabe quem está chegando para investir na Irlanda, certamente são eles.

Best of luck!

Contatos: tanamarinass@gmail.com  ou ie.linkedin.com/in/tanasstorani

Ficou com vontade de fazer intercâmbio e trabalhar no exterior? Comece por aqui!

Este texto foi revisado por Camilla Gómez em Setembro/2014.

Avatar
Tana Storani, Atuando há mais de três anos na área de recrutamento e seleção na Irlanda, Tana chega ao E-Dublin para falar sobre empregabilidade. Como colunista do "Sua Carreira no Exterior" ela vem compartilhar com vocês, alguns dos meandros para tornar a sua chegada ao mercado internacional mais curta e possível.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar