Português de Portugal é mesmo parecido com o do Brasil?

Português de Portugal é mesmo parecido com o do Brasil?

Elizabeth Gonçalves

1 ano atrás

Siga o E-Dublin no Instagram

Português de Portugal e do Brasil pode ser bem diferente. © Sean Pavone | Dreamstime.com

Português de Portugal e o do Brasil podem ser bem diferentes. © Sean Pavone | Dreamstime

Quem aí já foi para Portugal, conversou com um português ou, até mesmo, tentou assistir a um filme em português europeu sem legendas?

Se você já passou por uma dessas situações, pôde observar que as diferenças entre o português falado em nosso país, quando comparado com o de Portugal, não ficam apenas no sotaque, já que muitas palavras possuem um significado completamente diferente nos dois países.

Por isso, pagar mico ou passar por algum mal-entendido pode ser algo corriqueiro para quem está tentando se adaptar às diferenças.

Quer um exemplo? Em Portugal, a palavra “puto” designa o menino de mais ou menos 10 anos, enquanto “canalha” é a palavra utilizada para se referir a um grupo de crianças. Já “bicha” quer dizer “fila”, e “pica”, “injeção”. “Rabo” quer dizer “bumbum”.

Portanto, se em uma visita a Portugal alguém lhe perguntar se “é a bicha para o cacete?”, não pense que a pessoa está sendo grosseira, já que traduzindo para o português brasileiro seria o mesmo que perguntar se “é a fila do pão?”.

Ou, então, se em uma conversa com um português ele mencionar que está pagando muitas “propinas”, não se espante! Isso não é nada ilegal por lá, já que a tradução da palavra para o nosso português seria a “mensalidade” (que pagamos nas escolas e universidades).

E as diferenças não param por aí. Algumas chegam até a ser engraçadas, pois nem de longe relacionaríamos ao correspondente no Brasil.

Confira, abaixo, um comparativo entre palavras do português brasileiro com o português europeu a fim de não ficar tão “perdido” quando for visitar Portugal.

alô? = estou!

vitrine = montra

trem = comboio

ônibus = autocarro

açougue = talho

turnê (de uma banda, por exemplo) = digressão

goleiro = guarda-redes

atacante = avançado

celular = telemóvel

dentista = estomatologista

garis = almeidas

geladeira = frigorífico

calcinha = cueca

mulherengo = marialva

cafezinho = bica

Por que tantas diferenças?

O português foi estabelecido como língua oficial do Brasil em 1758. Porém, o contato com povos indígenas e escravos já havia alterado a língua falada em solo verde e amarelo. Mais mudanças no modo de falar do brasileiro ocorreram a partir do século XIX, quando imigrantes europeus e asiáticos desembarcaram em nosso país.

Nas outras colônias portuguesas, como Angola e Moçambique, por exemplo, fala-se um português mais parecido com o Europeu porque a mistura de povos nesses lugares foi menos intensa.

Além disso, a independência desses países com relação a Portugal é bem mais recente quando comparada à brasileira. É por isso que, tanto lá quanto cá, algumas palavras aparecem, desaparecem ou até mudam de significado.

A população brasileira, em relação à dos demais países lusófonos, é bem maior, o que significa que o português do Brasil seja a variante do idioma mais falada, lida e escrita. Em países como Estados Unidos, Japão e, sobretudo, na América Latina, é ensinada a variante brasileira para estudantes estrangeiros da língua portuguesa.

Imagens via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para jornalismo@e-dublin.com.br

Avatar
Elizabeth Gonçalves, Elizabeth Gonçalves é jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar